Sobre a Qualidade do Ar

O índice de qualidade do ar da cidade varia consoante as concentrações dos quatro poluentes urbanos principais: Monóxido de Carbono (CO), Dióxido de Azoto (NO2), Ozono (O3) e Partículas (PM10).

Nas áreas onde há pelo menos um poluente cujo valor do índice é igual a zero, o índice de qualidade do ar assume o valor zero.

Aos valores numéricos do índice de qualidade do ar, que variam entre 0 e 4, são associadas menções qualitativas de qualidade, que variam entre Muito Boa e Muito Fraca, de acordo com a tabela seguinte:

Valor do índice Qualidade do Ar
0 Muito Fraco
]0 ; 1,5[ Fraco
[1,5 ; 2,5[ Médio
[2,5 ; 3,5[ Bom
[3,5 ; 4,0] Muito Bom

Para o cálculo do índice é utilizado o valor da medição mais recente de cada um dos poluentes desde que não tenha sido obtida há mais de 5 dias. Os poluentes que não possuam medições nos últimos 5 dias são ignorados dos cálculos e a classificação final para a qualidade do ar é obtida através da média das classificações de cada um dos poluentes de acordo com a tabela seguinte:

CO (mg/m3) NO2 (mg/m3) O3 (mg/m3) PM10 (ug/m3) Valor do Índice
[0 , 5.749] [0 , 0.144] [0 , 0.086] ]0 , 34.150] [3,5 ; 4,0]
[5.750 , 6.749] [0.145 , 0.204] [ 0.087 , 0.122] [34.151 , 54.350] [2,5 ; 3,5[
[6.750 , 8.249] [0.205 , 0.294] [ 0.123 , 0.176] [54.351 , 84.650] [1,5 ; 2,5[
[8.250 , 9.999] [0.295 , 0.399] [ 0.176 , 0.239] [84.651 , 119.999] ]0 ; 1,5[
[10.000 , + [ [0.400 , + [ [ 0.240 , + [ [120 , + [ 0

Caso não exista nenhuma medição com menos de 5 dias para nenhum dos 4 poluentes, a classificação não é determinada e é apresentada a informação "Informação indisponível".